Redes Sociais:
Buscar por:

::Arquivo de Notícias::



Museu Histórico recebe "Sarau Adolpho Mello"

Segunda, 05 de Dezembro de 2016
O Museu Histórico de Santa Catarina, localizado no Palácio Cruz e Sousa, abrirá suas portas para celebrar a memória do violinista e compositor catarinense Adolpho Mello, nascido em São José da Terra Firme, em 1861. No dia 11 de dezembro, às 19h, a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) homenageia o artista, que faleceu há 90 anos, com a apresentação de nove peças de Adolpho Mello interpretadas pelo pianista Pablo Rossi e seu irmão violinista Ruan Rossi. 
 
Na ocasião, será lançado o livro "Adolpho Mello, legado catarinense", escrito por Mônica Cristina Corrêa, e idealizado pela sobrinha-bisneta do artista, Sandra Ferreira de Mello.  Há doze anos, Sandra trabalhava para que a obra de seu tio-bisavô fosse editada a partir de seus manuscritos musicais. Embora Adolpho Mello seja motivo de orgulho para sua região (o teatro de São José leva seu nome), a obra que legou não era até hoje conhecida e há poucos registros que indiquem sua formação musical. 
 
Sob os cuidados do professor André de Moura (UDESC), as partituras de Adolpho Mello foram editadas e publicadas. Junto às melodias transcritas, resgata-se também a biografia do violinista. A Sociedade Histórica Desterrense, grupo que pesquisa e encena os idos tempos da cultura catarinense, fará uma apresentação com o intuito de resgatar um sarau do século XIX.
 
Serviço:
O quê: Sarau Adolpho Mello com recital de piano e violino (Pablo Rossi e Juan Rossi) e encenações do século XIX pela Sociedade Histórica Desterrense. Lançamento com distribuição gratuita de exemplares do livro Adolpho Mello, legado catarinense. 
Quando: 11 de dezembro, às 19 horas
Onde: Museu Histórico de Santa Catarina, localizado no Palácio Cruz e Sousa - Praça XV de Novembro, 227 – Centro, Florianópolis/SC
Entrada gratuita

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC