Redes Sociais:
Buscar por:

::Arquivo de Notícias::



Museu Histórico de Santa Catarina recebe exposição sobre patrimônio arquitetônico de Lages

Quinta, 03 de Agosto de 2017
A partir do dia 10 de agosto, a Sala Martinho de Haro do Museu Histórico de Santa Catarina recebe a exposição fotográfica Arquitetura da Madeira: um olhar sobre o patrimônio lageano. A mostra com trabalhos do estudante de Arquitetura e Urbanismo Rafael Krahl fica aberta à visitação até 10 de setembro, com entrada gratuita.
 
A exposição, selecionada em terceiro lugar no Edital de Exposições de Curta Duração do Museu, reúne registros fotográficos realizados por Rafael, que convidam o espectador a refletir sobre o que valorizamos como patrimônio arquitetônico. Através do olhar sensível e de observador do artista, aliado à experiência de coleta e troca de informações com a população local, o conteúdo exposto é uma ação inédita de registrar a arquitetura popular da cidade de Lages, caracterizada pelo sistema construtivo de madeira, sob o entendimento que esses exemplares de diversos períodos, - mas, principalmente, remanescentes do ciclo da madeira (1930-1960) - constituem patrimônio cultural da região.
 
 
Oficina
 
A mostra tem curadoria da Profa. Ma. Lilian Louise Fabre Santos, que também irá ministrar a oficina "A imaterialidade do patrimônio arquitetônico: definições e possibilidades de preservação" no dia 26 de agosto, das 9h às 12h, no auditório do Museu. 
 
O oficina irá abordar conceitos de patrimônio material e imaterial; breve trajetória da preservação do Patrimônio no Brasil; interdisciplinaridade e expansão dos valores no campo do patrimônio; legislação de preservação do patrimônio: o Registro e o Tombamento; além de promover uma atividade prática em grupo: análise da imaterialidade de bens imóveis através de estudo de casos (como o exemplo das casas de madeira em Lages) e proposição de preservação.
 
As inscrições devem ser feitas no link https://goo.gl/vRfbcw
 
A atividade proposta pretende ampliar o conceito da exposição de utilizar a fotografia como registro da Arquitetura de madeira em Santa Catarina, mas agora por meio da participação coletiva através das plataformas digitais Facebook e Instagram. A ideia é que os visitantes participem utilizando a hashtag #cadeacasa, postando fotos tanto de exemplares de Arquitetura da madeira, quanto fotos durante a visitação na Exposição.
 
 
Serviço:
 
O quê: Exposição fotográfica Arquitetura da Madeira: um olhar sobre o patrimônio lageano
Abertura: 10 de agosto de 2017, às 19h
Visitação: de 11 de agosto a 10 de setembro de 2017. De terça a sexta-feira, das 10h às 18h;sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h.
Onde: Sala Martinho de Haro do Museu Histórico de Santa Catarina - Com sede no Palácio Cruz e Sousa
Praça XV de novembro - Centro - Florianópolis (SC)
Entrada gratuita
Informações: (48) 3665-6363
Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/463662970674350
 
Oficina
 
A mostra tem curadoria da Profa. Ma. Lilian Louise Fabre Santos, que também irá ministrar a oficina "A imaterialidade do patrimônio arquitetônico: definições e possibilidades de preservação" no dia 26 de agosto, das 9h às 12h, no auditório do Museu. 
 
O oficina irá abordar conceitos de patrimônio material e imaterial; breve trajetória da preservação do Patrimônio no Brasil; interdisciplinaridade e expansão dos valores no campo do patrimônio; legislação de preservação do patrimônio: o Registro e o Tombamento; além de promover uma atividade prática em grupo: análise da imaterialidade de bens imóveis através de estudo de casos (como o exemplo das casas de madeira em Lages) e proposição de preservação.
 
As inscrições devem ser feitas no link https://goo.gl/vRfbcw
 
A atividade proposta pretende ampliar o conceito da exposição de utilizar a fotografia como registro da Arquitetura de madeira em Santa Catarina, mas agora por meio da participação coletiva através das plataformas digitais Facebook e Instagram. A ideia é que os visitantes participem utilizando a hashtag #cadeacasa, postando fotos tanto de exemplares de Arquitetura da madeira, quanto fotos durante a visitação na Exposição.
 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC