Redes Sociais:
Buscar por:

::Acervo::



Sala da Bahia

O espaço abriga a maior embarcação de todo o acervo do Museu Nacional do Mar: o Saveiro Riso do Ano, movido a vela e com 13 metros de comprimento por 3,8 metros de largura. Construída entre 1930 e 1950, a embarcação integrou a exposição brasileira na Expo 98, em Lisboa, Portugal.

Além deste exemplar, a Sala da Bahia abriga outras embarcações, sempre com destaque para os saveiros, bastante comuns do Recôncavo Baiano. Entre os disponíveis para a visitação no museu estão o Saveiro de Vela-de-Içar adquirido pelo museu ainda em 1992, construído em Maragogipe, ele foi usado como meio de transporte durante 20 anos.



Já o Saveiro Vela-de-pena pertencente ao acervo foi construído na Ilha de Tinharé, também na Bahia, e foi usado durante cinco anos para a pesca. Foi incorporado ao acervo do Museu Nacional do Mar em 2000, quando chegou a São Francisco do Sul por via terrestre.

Ainda no espaço está a canoa de calão, uma embarcação usada na pesca de cerco, comum no estuário da Ilha de Tinharé (Bahia). O exemplar exposto é raro e mede cerca de nove metros de comprimento.

(Fotos: Márcio Henrique Martins / Assessoria de Comunicação FCC)

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC