Redes Sociais:
Buscar por:

::Mais notícias::


Mostra comemora os 80 anos do cineasta Sylvio Back no Cinema do CIC

Quinta, 31 de Agosto de 2017
Durante todo o mês de setembro, a filmografia do cineasta catarinense Sylvio Back estará em cartaz no Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC) na Mostra Sylvio Back 8.0 - Filmes noutra margem. De sexta-feira a domingo, sempre às 20h, com entrada gratuita, a mostra irá celebrar os 80 anos do cineasta que fez sua trajetória com filmes instigantes, poéticos e históricos. A realização da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) tem o apoio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), administradora do espaço; do curso de Cinema da Unisul, responsável pela programação do Cinema; e da Cinemateca Catarinense.
 
"O cinema de Sylvio Back não é entretenimento, não é uma obra facilmente digerível. Aos oitenta anos, mais de cinquenta deles dedicados ao audiovisual, Sylvio não nega a tecnologia com um rigor cada vez mais latente, em seus filmes, suas pesquisas, cuida como poucos de sua obra e ainda arranja tempo para liderar a luta pelo reconhecimento dos direitos de autor dos cineastas brasileiros", comenta o cineasta Zeca Pires. 
 
Na programação de 12 filmes, estão clássicos do cineasta como A Guerra dos Pelados, Aleluia, Gretchen e Lance Maior, entre outros. As sessões serão seguidas de debates com convidados. Além disso, a partir do segundo fim de semana de outubro os filmes da mostra serão exibidos, também, pela TV UFSC. 
 
PROGRAMAÇÃO DA MOSTRA:
 
8 de setembro (sexta-feira), às 20h:
 
LostSweig
Direção: Sylvio Back
Ano: 2002
País: Brasil
Duração: 113 minutos
Sinopse: A última semana de vida do escritor judeu-austríaco Stefan Zweig (RüdigerVogler), autor do famoso livro "Brasil, País do Futuro", e de sua jovem esposa Lotte (Ruth Rieser). O casal, num pacto cercado de mistério, se suicida em Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro, logo após o carnaval de 1942.
 
 
 
 
 
 
9 de setembro de 2017 (sábado), às 20h:
 
Lance maior
Direção: Sylvio Back
Ano: 1968
País: Brasil
Duração: 100 minutos
Sinopse: Um estudante universitário que trabalha em um Banco, experimenta uma crise pessoal: ele está dividido entre suas ambições e a tentação de se envolver no movimento armado contra a ditadura militar no Brasil. Ao mesmo tempo, sua vida amorosa também está confusa. Ele não consegue decidir entre duas garotas: uma moça rica que tem um maior interesse em sua libertação sexual, e uma garota trabalhadora que tem problemas familiares.
 
10 de setembro de 2017 (domingo), às 20h:
 
A guerra dos pelados
Direção: Sylvio Back
Ano: 1970
País: Brasil
Duração: 98 minutos
Sinopse: Em 1913, no interior de Santa Catarina, a concessão de terras a uma companhia estrangeira para exploração de recursos naturais gera revolta nos expropriados, que reagem com um conflito sangrento. Reunidos, eles planejam um ataque surpresa.
 
15 de setembro de 2017 (sexta-feira), às 20h:
 
Aleluia, Gretchen
Direção: Sylvio Back
Ano: 1976
País: Brasil
Duração: 118 minutos
Sinopse: A saga de uma família de imigrantes alemães que, fugindo ao nazismo, vem se radicar numa cidade do Sul do Brasil, por volta de 1937. Às vésperas e durante a II Guerra Mundial, membros da família se envolvem com a Quinta Coluna (espionagem nazista no Brasil) e o Integralismo. Na década de cinqüenta, graças a ligações perigosas com o rescaldo da guerra, os Kranz são visitados por ex-oficiais da SS em trânsito para o Cone Sul.
 
16 de setembro de 2017 (sábado), às 20h:
 
Revolução de 30
Direção: Sylvio Back
Ano: 1980
País: Brasil
Duração: 118 minutos
Sinopse: Filme-colagem de uma trintena de documentários e filmes de ficção dos anos 20, culminando com cenas inéditas da Revolução de 1930. Todo em preto-e-branco, o principal tônus é a excelência da restauração fotográfica de suas imagens, emoldurada por uma trilha sonora autêntica, de rara beleza e qualidade de emissão. Duas horas de estupefação, achados anedóticos e ironias sorrateiras.
 
17 de setembro de 2017 (domingo), às 20h:
 
República Guarani
Direção: Sylvio Back
Ano: 1982
País: Brasil
Duração: 96 minutos
Sinopse: O filme traz um registro da cultura e da história dos guaranis e do que fizeram com eles. Sua montagem meticulosa resultou numa versão sutilmente agressiva e hostil aos jesuítas. Por exemplo, Back esclarece que a figura e a função do cacique entre os guaranis foram imposto pelos padres que afastaram a liderança dos pajés guias espirituais e curandeiros das tribos.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
22 de setembro de 2017 (sexta-feira), às 20h:
 
Guerra do Brasil - Toda Verdade Sobre a Guerra do Paraguai
Direção: Sylvio Back
Ano: 1987
País: Brasil
Duração: 104 minutos
Sinopse: Entre 1864 e 1870, a América do Sul é palco do maior e mais sangrento conflito armado do século, conhecido como a “Guerra do Paraguai”, ou “Guerra Grande”, para os paraguaios. Misturando realidade e ficção, o documentário debate este “ensaio” da I Guerra Mundial, que envolveu Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, vitimando em torno de um milhão de pessoas. No filme entrelaçam-se a história oficial, o imaginário popular e a crítica de militares, cronistas e historiadores, articulado a um complexo painel iconográfico e musical, e a um resgate visual do teatro de operações no Paraguai.
 
 
 
 
 
 
 
 
23 de setembro de 2017 (sábado), às 20h:
 
Rádio auriverde
Direção: Sylvio Back
Ano: 1991
País: Brasil
Duração: 70 minutos
Sinopse: Com a intenção de desfazer a ingenuidade e festividade em torno da participação do Brasil na II Guerra Mundial, este documentário penetra no desconhecido universo da guerra psicológica que conturbou a presença da Força Expedicionária Brasileira na Itália, de 1944 a 1945. Através das musicalmente alegres e debochadas transmissões de uma rádio clandestina, o filme acaba também por revelar as tragicômicas relações entre os Estados Unidos e o Brasil durante a guerra.
 
24 de setembro de 2017 (domingo), às 20h:
 
Yndio do Brasil
Direção: Sylvio Back
Ano: 1995
País: Brasil
Duração: 70 minutos
Sinopse: Colagem de dezenas de filmes nacionais e estrangeiros de ficção, cinejornais e documentários, revelando como o cinema vê e ouve o índio brasileiro desde quando foi filmado pela primeira vez, em 1912. São imagens surpreendentes, emolduradas por musicas temáticas e poemas, que transportam o espectador a um universo idílico e preconceituoso, religioso e militarizado, cruel e mágico, do índio Brasileiro.
 
 
 
29 de setembro de 2017 (sexta-feira), às 20h:
 
Cruz e Sousa – O poeta do desterro
Direção: Sylvio Back
Ano: 1998
País: Brasil
Duração: 86 minutos
Sinopse: Reinvenção da vida, obra e morte do poeta catarinense Cruz e Sousa (1861-1898), fundador do Simbolismo no Brasil e considerado o maior poeta negro da língua portuguesa. Através de 34 "estrofes visuais", o filme rastreia desde as arrebatadoras paixões do poeta em Florianópolis até seu emparedamento social, racial, intelectual e trágico no Rio de Janeiro.
 
30 de setembro de 2017 (sábado), às 20h:
 
O contestado – restos mortais
Direção: Sylvio Back
Ano: 2012
País: Brasil
Duração: 155 minutos
Sinopse: Com o inédito relato de trinta médiuns em transe, articulado ao memorial sobrevivente e à polêmica de especialistas, “O Contestado - Restos Mortais” resgata uma das maiores epopeias do país, a Guerra do Contestado (1912-1916). Envolvendo milhares de civis e militares, o episódio conflagrou Paraná e Santa Catarina por questões de fronteira e disputa fundiária, mesclado à irrupção de um levante messiânico de grandes proporções.
 
1º de outubro de 2017 (domingo), às 20h:
 
O universo Graciliano
Direção: Sylvio Back
Ano: 2013
País: Brasil
Duração: 84 minutos
Sinopse: Um panorama da vida e da obra do autor Graciliano Ramos, falecido em 1953, e responsável por grandes livros da literatura brasileira, como "São Bernardo", "Vidas Secas", "Angústia", "Infância" e "Memórias do Cárcere". O filme combina diversos materiais de arquivo, partes de outros filmes com entrevistas de pessoas próximas ao escritor.
 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC