Redes Sociais:
Buscar por:

::Mais notícias::


Espaço das Oficinas de Arte recebe exposição sobre Clarice Lispector no CIC

Terça, 12 de Setembro de 2017
Até o dia 1º de outubro, o Espaço das Oficinas de Arte do Centro Integrado de Cultura (CIC) recebe a exposição Clarice Através de Clarice, instalação de palavra, objeto e imagem, da qual também fazem parte um vídeoarte, a performance Mulheres de Clarice e o livro virtual Anotações, tudo sobre a obra da escritora Clarice Lispector. A visitação é gratuita, de terça-feira a domingo, das 10h às 21h.
 
Na instalação, com participação de Andréa Pino, Helena Golin Costa, Iracema Guisoni, LaïsKrücken, Patrícia Amante e Virgínia Alves e curadoria de Jayro Schmidt, palavra e imagem são amplificadas em suas dimensões semânticas, sonoras e visuais. Saem do livro são exploradas em diferentes suportes e sentidos. 
 
Clarice através de Clarice marca os 40 anos da morte da autora que tem conquistado cada vez mais repercussão no Brasil e no exterior, especialmente após o lançamento de sua biografia pelo norte-americano Benjamin Moser, em 2009. O último livro de Moser, "The complete stories",  com todos os contos escritos por Clarice, consta na lista dos 100 melhores livros de 2015 feita pelo The New York Times.
 
Programação especial
 
Para celebrar o encerramento da instalação o grupo preparou uma programação especial para o dia 28 de setembro (quinta-feira). Às 19h, Andrea Pino fará uma apresentação extra da performance Mulheres de Clarice, com direção e produção musical de Dilmo Nunes. O espetáculo, com duração de 32 minutos, é inspirado nas protagonistas dos romances de Clarice Lispector e foi criado especialmente para a abertura do evento. 
 
Na sequência, às 20h, no Cinema do CIC, será exibido o filme A Hora da Estrela (96min), dirigido por Suzana Amaral. O roteiro é uma adaptação do romance homônimo de Clarice Lispector, que relata a vida, sonhos e conflitos da jovem nordestina Macabéa. 
 
Sobre Clarice Lispector
 
Um dos grandes nomes da literatura brasileira, Clarice Lispector (1920-1977) causou um verdadeiro impacto na literatura brasileira aos 20 anos com a publicação de seu primeiro romance “Perto do coração selvagem”, ao trazer uma narrativa sofisticada e diferente de tudo que havia sido feito até então. Na época, sua escrita foi comparada com a de nomes consagrados como James Joyce e Virginia Woolf por seu estilo introspectivo e técnica do fluxo de consciência. Desde então, Clarice transformou-se numa referência nacional, ao lado de Machado de Assis e Guimarães Rosa. 
 
Serviço:
 
Finissage da Instalação Clarice através de Clarice 
Dia 28 de setembro (quinta-feira)
19h - Performance Mulheres de Clarice (Andrea Pino com direção e produção musical de Dilmo Nunes)
20h - Filme A Hora da Estrela (direção Suzana Amaral)
 
Instalação Clarice através de Clarice 
Data: até 1º de outubro, de terça-feira a domingo, das 10h às 21h
Local: Espaço das Oficinas de Arte do Centro Integrado de Cultura (CIC)
Avenida Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Entrada gratuita

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC