Redes Sociais:
Buscar por:

::Mais notícias::


Projeto sobre invisibilidade social apresenta exposição Lendo e Relendo Cruz e Sousa no Museu Histórico

Terça, 10 de Outubro de 2017
O Museu Histórico de Santa Catarina recebe, a partir de 31 de outubro, a exposição Lendo e Relendo Cruz e Sousa com obras dos alunos/artistas Luciane Kroll e Rafael Martins, da Oficina de Artes Plásticas/Visuais do Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação da Fundação Catarinense de Educação Especial. A mostra tem entrada gratuita e vai até janeiro de 2018.  O curso de Gastronomia do Centro de Educação e Trabalho (CENET), da FCEE, ficará responsável pelo coquetel no dia da abertura, às 14h30.
 
Sob orientação da professora de artes Vânia Pires Franz de Matos, o projeto buscou discutir a invisibilidade social, conceito criado para designar as pessoas que ficam invisíveis socialmente, seja por preconceito ou indiferença. O fenômeno também ocorre com pessoas ilustres que emprestam seus nomes a prédios e monumentos famosos distribuídos pela cidade. 
 
Cruz e Sousa foi escolhido com o intuito de fomentar sua visibilidade através da exposição. Grande poeta, João da Cruz e Sousa foi um dos precursores do Simbolismo no Brasil. Recebeu a alcunha de Dante Negro ou Cisne Negro. Nasceu em Nossa senhora do Desterro (24 de novembro de 1861) e faleceu em Minas Gerais  (19 de março de 1898). Hoje, empresta seu nome ao Museu Histórico de Santa Catarina Palácio Cruz e Sousa, onde estão depositados seus restos mortais. 
 
O Museu Histórico de Santa Catarina está localizado na Praça XV de Novembro, no Centro de Florianópolis. Está aberto à visitação de terça a sexta-feira, das 10h às 18h; também aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h. Mais informações pelo telefone (48) 3665-6363.

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC