Redes Sociais:
Buscar por:

::Mais notícias::


Cinema do CIC - Programação de fevereiro de 2018

Sexta, 26 de Janeiro de 2018
Em fevereiro, a sala de Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC) vem com uma programação de longas do leste europeu e da Coreia do Sul. Os filmes são exibidos sempre de quinta-feira a domingo, às 20h, com entrada gratuita. A realização é uma parceria da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), administradora do espaço, e Unisul campus Pedra Branca, responsável pela programação. 
 
Cineclube Infantil 
 
Além da programação voltada ao público adulto, o Cineclube Infantil apresenta todos os sábados, a partir de 20 de janeiro, às 16h, produções feitas especialmente para a criançada no Cinema do CIC, com entrada gratuita. A iniciativa é uma parceria entre a Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do Museu da Imagem e do Som (MIS/SC), e a organização da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. 
 
 
 
PROGRAMAÇÃO NOTURNA:
 
1º a 4 de fevereiro de 2018, às 20h:
 
O Bom, O Mau, O Bizarro
 
Direção: Kim Ji-woon
Gênero: Western
Ano: 2008
Duração: 136 minutos
País: Coréia do Sul
Classificação indicativa: 16 anos
Sinopse: Nos anos de 1930, no deserto da Manchúria, três coreanos foras-da-lei envolvem-se numa aventura cheia de ação. O Estranho rouba um mapa de um oficial japonês; O Mau é pago para recuperá-lo; O Bom é um caçador de recompensas que vai atrás dos dois outros homens. Num clima de faroeste, o destino destes três homens se cruza e todos terão de lidar com os exércitos nipônico e chinês, além de vários bandidos russos que cruzam pelo caminho.
 
 
8 a 11 de fevereiro de 2018, às 20h:
 
Tudo Que Eu Amo
 
Direção: Jacek Borcuch
Gênero: Comédia, Romance
Ano: 2012
Duração: 95 minutos
País: Polônia
É uma bela primavera na Polônia em 1981. Janek tem 18 anos e mora em uma cidade à beira-mar. Filho de um capitão naval, ele forma uma banda de punk rock para poder expressar o que pensa. Ele dedica sua vida à música e ao seu primeiro amor, Basia, mas tudo está prestes a mudar. Greves gerais varrem a Polônia, e o Partido Comunista se prepara para impor uma lei marcial. A tensão no país aumenta, e as revoltas adolescentes tornam-se arriscadas durante os tumultos políticos. Um confronto com um comissário do governo e a morte de uma pessoa próxima mudarão a vida de Janek para sempre.
 
 
15 a 18 de fevereiro de 2018, às 20h:
 
Para Sempre Lilya
 
Direção: Lukas Moodysson
Gênero: Romance, Drama
Ano: 2002
Duração: 109 minutos
País: Suécia
Classificação indicativa: 16 anos
Lilya tem 16 anos e vive em um subúrbio pobre, em algum lugar da antiga União Soviética. Sua mãe mudou-se para os Estados Unidos, com seu novo marido, e Lilya espera que ela lhe envie algum dinheiro. Após algum tempo sem receber notícias nem qualquer quantia dela, Lilya é obrigada a se mudar para um pequeno apartamento, que não possui luz nem aquecimento. Desesperada, ela recebe o apoio de Volodya, um garoto de apenas 11 anos que de vez em quando dorme no sofá de Lilya. A situação muda quando Lilya se apaixona por Andrei, que a convida para iniciar uma nova vida na Suécia. Apesar da desconfiança de Volodya, Lilya aceita o convite e viaja com Andrei.
 
 
22 a 25 de fevereiro de 2018, às 20h:
 
Sobre a Violência
 
Direção: Göran Olsson
Gênero: Drama, Documentário
Ano: 2014
Duração: 78 minutos
País: Suécia/Finlândia
O filme é uma narrativa visual da África baseada em materiais de arquivo recém-descobertos de documentários suíços de 1966-1987 que cobriram os momentos mais ousados da luta pela liberação do domínio colonial. Esta poderosa filmagem é associada com trechos do livro de referência de Frantz Fanon, Os Condenados da Terra, escrito em 1960 e que ainda é uma ferramenta fundamental para compreender e esclarecer o neocolonialismo hoje existente, assim como os distúrbios e as reações contrárias.
 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC