Redes Sociais:
Buscar por:

::O que é o TAC 7:30::



Apresentação

O TAC 8 em Ponto é uma ação da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), que teve início em março de 2012, a princípio no horário das 19h30, e apresenta todas as terças-feiras, agora às 20h, espetáculos de música, dança e teatro no palco do Teatro Álvaro de Carvalho, espaço administrado pela FCC em Florianópolis. Foi baseado no modelo do antigo TAC 6:30, projeto de grande sucesso na década de 1990. O objetivo é promover a cultura catarinense por meio da realização de apresentações artísticas semanais.
 
Os grupos participantes - selecionados entre os inscritos nos segmentos música, dança e teatro - contam com todo o suporte técnico necessário, divulgação e registro audiovisual e fotográfico dos eventos. Para muitos grupos, realizar uma apresentação nessas condições no teatro mais tradicional da cidade é uma grande oportunidade.
 
As inscrições seguem abertas e a FCC, apostando no sucesso do projeto, ampliou os meios de divulgação, sempre visando a excelência.
 
O horário, cedo em relação a eventos semelhantes, tem como público-alvo o trabalhador, o estudante e a sociedade em geral, que agora conta com a oportunidade de conhecer melhor a produção artística catarinense. A entrada também tem um valor acessível: R$ 20 inteira e R$ 10 meia-entrada, sendo que 100% do dinheiro arrecadado são repassados para os grupos participantes.
 
O TAC 8 em Ponto cada vez mais se consolida na agenda cultural de Florianópolis, colaborando para que o hábito de frequentar eventos culturais seja cultivado junto ao público e ajudando a formar novas plateias para os artistas catarinenses.
 
O que a FCC oferece:
 
- Uma oportunidade de se apresentar no TAC com toda a estrutura necessária ao espetáculo, exceto sonorização (consultar lista de equipamentos disponíveis), e 100% da bilheteria;
 
- Divulgação com o mínimo de 2 mil fôlderes informativos e 50 cartazes;
 
- A assessoria de imprensa da FCC, que divulga os espetáculos em redes sociais, site da FCC e promove inserção na mídia;
 
- Registro fotográfico dos eventos, com fotógrafo da FCC, que é entregue em CD aos grupos;
 
- Registro audiovisual, feito por técnicos do MIS, que é entregue em DVD aos grupos participantes.