Redes Sociais:
Buscar por:

::Notícias::



A Farsa do Advogado Pathelin

Segunda, 19 de Dezembro de 2016
O espetáculo A Farsa do Advogado Pathelin, do grupo catarinense Teatro Sim... Por Que Não?!!!, estreou no dia 10 de maio de 1996, no Teatro da UFSC (Igrejinha), contemplado pelo Edital Cultura Viva, de 1995, no governo Paulo Afonso. Nesses vinte anos foram mais de 700 apresentações nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Maranhão e Santa Catarina, onde a peça já foi encenada em mais de 90 cidades.
 
Ao longo desses anos, a peça participou de vários festivais nacionais e internacionais de teatro e recebeu 9 prêmios. Com este espetáculo a atriz Berna Sant’Anna ganhou o prêmio de melhor atriz do CONESUL e do Festival Isnard Azevedo de 1997. Berna Sant’Anna e Nazareno Pereira com suas interpretações também receberam o prêmio de melhor atriz e melhor ator Catarinense de 1997. No mesmo ano Júlio Maurício ganhou o prêmio de melhor diretor catarinense com o mesmo espetáculo.
 
Ética em discussão
A Farsa do Advogado Pathelin é uma obra do gênero farsa, escrita em torno de 1.460 e seu autor é desconhecido. A discussão sobre ética que o texto propõe continua atual nos dias de hoje. É um espetáculo para todas as idades que há 20 anos faz parte do repertório do grupo, com mais de 700 apresentações por todo o País.
 
O mérito desta farsa é eminente: ela é verdadeiramente sem igual pelo jorro da verve cômica, pela leveza do diálogo, pela habilidade da intriga, pelo salto das situações, pela verdade às vezes dura e pouca perceptível dos caracteres. Mas esta comédia da astúcia - enganador e enganado - parece bem celebrar sem reservas o triunfo do dolo (erro intencional) e do embuste, da patifaria: raramente se representou com tal vigor uma humanidade dominada em busca do lucro ilegítimo e desnudada de ilusões idealistas.
 
Esse cinismo sem fraqueza provém de uma imoralidade natural do autor ou do retrato realista de uma época corrompida?
 
A apresentação faz parte da programação de janeiro do projeto Verão Cultural CIC 2017, da Fundação Catarinense de Cultura. Confira a programação completa do mês em: http://bit.ly/2hEIK43
 
Sinopse
O advogado sem causa Pathelin decide, para agradar sua mulher Guilhermina, trazer um corte de tecido grátis. Através de bajulações e promessas, engana um comerciante, porém seus planos fracassam quando, durante uma sessão no tribunal reencontra o comerciante.
 
Serviço: 
O quê: A Farsa do Advogado Pathelin 
Quando: 15/01/2017 (domingo), às 21h
Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia-entrada)
Onde: Teatro Ademir Rosa - Localizado no Centro Integrado de Cultura (CIC) -Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Informações: (48) 3664-2628 (bilheteria do teatro)